VAMOS ENTENDER, AS COTAS.

#Política

Fala galera, tudo beleza?


Vamos falar sobre um fator histórico, para que possamos entender as cotas?


No último texto que fiz, falei sobre democracia racial e uma pesquisa, onde dois grandes pensadores, Florestan Fernandez e Jorge Bastide fizeram. Segundo eles, supostamente a abolição iria ocorrer em 1888. Porém, após o processo de abolição jamais existiu uma política que ajudasse o nosso povo a se inserir na sociedade. Nunca existiu um tipo de compensação ao povo negro, então disso vem essa questão da dívida histórica.


É importante que a gente tome cuidado com essa palavra.


Não é que os brancos estão devendo algo ao nosso povo e sim que nunca existiu uma política de compensação que nos inserisse na sociedade. Ao contrário, foram jogados na marginalidade.



Tão marginalizados que a ideología da época dizia que o Negro representava o "Atraso" e o Branco representava o "Progresso". Ou seja, sempre contratavam os Brancos. Quem iria querer contratar o tal atraso? Pessoas que até pouco tempo eram escravos, então o regime assalariado era um privilégio para os brancos


Portanto, não dá para a gente esquecer ou desprezar esse fato histórico e pensar que os arranjos sociais que temos hoje, não tem familiaridade com o passado. É só observar os dados atuais pra gente perceber que a situação dos negros é muito inferior ao dos brancos, e quem diz que isso não tem nada haver com o processo histórico, desculpa pela sinceridade mas você também faz parte do problema.


Os dados são do senso de 2010 e do IBGE de 2016.


Senso 2010: Mais de 190 milhões de #Brasileiros.


IBGE 2016 = 51% da população corresponde a negra, antigamente era bem menos, mas pelo fato das pessoas estarem se reconhecendo como negras e se empoderando, isso acaba sendo contundente para a ampliação real dos dados


Esses dados são absurdos, para resumir, se você jogar o indivíduo em questão, sem condições nenhuma para que ele possa se inserir dentro do mercado de trabalho, é uma forma onde ele tenha a necessidade de se sujeitar a qualquer condição de trabalho, sendo ela de um semi-escravagismo ou à condições precárias e etc...


E você, notou alguma uma similaridade com a atualidade?


Texto de Isaac Santos

https://www.facebook.com/isaac.santos.5458




















#cultura #desigualdaderacial #luta

0 visualização
Conectamos a arte, cultura e alegria de estar com você para fazer um trabalho cada vez melhor. 
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
PARCEIROS
FiQUE POR DENTRO
+55 13 32919464
 
Fotos - Nice Gonçalvez
2002 - 2019 Arte no Dique. Todos os direitos reservados.